‘Artaud’, espetáculo encenado pelo poeta e dramaturgo argentino Sérgio Boris, integra a programação do Fitei2021, o Festival Internacional de Expressão Ibérica. A aquisição de bilhete permite assistir online à peça, que decorre no ambiente abstruso de um hospital psiquiátrico, entre o dia 8 e 10 de maio.

A peça que transfere para o espectador incómodo e desconcerto é, sobretudo, um retrato do caos construído a partir das cartas enviadas por Artaud (o poeta, dramaturgo e encenador francês que, por vicissitudes da vida, acaba internado, durante anos, em hospitais psiquiátricos) ao seu psiquiatra.

É no exercício de confronto com uma realidade fora dos padrões convencionais, em que a ausência de sentido é a regra, que se instala a crítica social ao alheamento e ao distanciamento com a sociedade se habituou a encarar os problemas da saúde mental. Na dúvida podemos rir da personagem que invade o frigorífico e passa horas na casa de banho ou das aventuras amorosas de casais improváveis, mas o espetáculo convoca-nos para outras reflexões, reflexões que surgem da dúvida sobre o que não compreendemos. Balançamos entre o perscrutar da nossa capacidade de lidar com a perspetiva do ridículo ou a inquietação da desgraça. As referências aos choques elétricos e aos tratamentos degradantes tantas vezes adotados em hospitais psiquiátricos parecem ser feitas, mais do que de humor sádico, da intenção de colocar o dedo na ferida. A cenografia deixa marcas importantes: a sujidade, a desorganização que aliadas à interpretação neurótica dos atores constroem a alegoria dos maus-tratos e abandono.

Como alerta o programa de sala, o teatro, pela lente de Artaud, é “a peste, um açoite vingador, uma epidemia redentora”.

‘Artaud’ vale, sobretudo, pela provocação, pela confusão que nos faz seguir o rasto dos textos e memórias de Artaud a braços com uma luta intrépida contra a tirania das práticas desumanas a que eram sujeitas as pessoas com doença mental, mas vale também como metáfora do abandono e da exclusão.

Categorias: Teatro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *