“Campos de Vida” é a exposição que a artista boliviana Sonia Falcone traz às 27 salas do Palácio Nacional da Ajuda. Esta artista, que foi em tempos Miss Bolívia, afirmou-se na cena internacional, contando inclusive com duas presenças na Bienal de Veneza, em representação do seu país.

Esta exposição é composta por 45 peças, espalhadas ao longo da clássica visita ao Palácio, cruzando a história de Portugal com a arte contemporânea latino-americana.

A artista intervém assim na “paisagem” histórica, com peças que vão desde instalações sonoras, tapeçaria, objectos vários, especiarias, vitrais, todas com cores marcantes que contrastam com o ar mais austero do conteúdo de um palácio dos séculos XVIII e XIX. Este contraste acrescenta um atractivo especial à exposição, pois as duas eras coabitam, emprestando modernidade a um edifício neoclássico.

Exposição “Campos de Vida”, por Sonia Falcone
Até 31 de dezembro de 2017
Todos os dias da semana, excepto à quarta-feira
Palácio Nacional da Ajuda
Lisboa

Categorias: Exposição

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *