Jornalismo Amadorismo Hipnotismo partiu de uma oficina, liderada por Rui Catalão, com actores não profissionais. Foi-lhes lançada uma pergunta para a qual teriam de obter respostas interpelando pessoas na rua. Desta oficina surgiu o espectáculo, uma espécie de reunião de redação de um jornal, onde cada participante desfia as suas histórias e testemunhos.

São muito diversos os episódios trazidos à cena: Violência doméstica, morte, amor e desamor, encontros e desencontros, cobardia, são alguns dos temas abordados.

Rui Catalão conduz os trabalhos com competência, interrompendo quanto é preciso, complementando quando adequado, puxando pelas histórias e marcando o ritmo.

O movimento em cena está muito bem executado, com elementos por vezes surpreendentes, que nos deixam em constante dúvida sobre a veracidade do que estamos a assistir. Afinal de contas, é teatro.

Jornalismo Amadorismo Hipnotismo, de Rui Catalão
11-21 janeiro 2018
Teatro Nacional D Maria II
Lisboa

direção Rui Catalão
elenco Ana Teresa, Beatriz Garrucho, David Silva, Fábio Anunciação, Jéssica Ribeiro, Joãozinho da Costa, João Esteves, Raquel do Vale Martins, Rolaisa Embaló, Rui Catalão, Sónia Castro, Tiago Martins
cenografia Sara Franqueira
figurinos Carlota Lagido
desenho de luz e operação Cristóvão Cunha
vídeo João Meirinhos
direção de produção Tânia M. Guerreiro
produção executiva Diana Almeida
produção [PI] Produções Independentes
coprodução TNDM II

Foto Filipe Ferreira

Categorias: Teatro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *