São conhecidas as crónicas de Ricardo Araújo Pereira (RAP) para a Visão, publicadas quer na revista, quer em livro. Mas o autor não se fica por aí. Também escreve periodicamente para o jornal brasileiro Folha de São Paulo. É uma compilação desses textos que encontramos no seu mais recente livro “Estar vivo aleija”.

Para quem é leitor habitual de RAP sabe que temas como a liberdade de expressão, as redes sociais, a língua portuguesa, e alguns dilemas bem escolhidos das nossas vidas, irão estar presentes nos seus escritos.

Neste livro fala-se, por exemplo, de Cristiano Ronaldo, de certa forma de escrita (errada) que descaracteriza o calão, da escolha entre ter filhos ou ser feliz, e do complexo de Édipo. Sempre com o humor inteligente a que o autor nos habituou.

Pela minha parte, lí o livro em duas “tiradas”, sempre curioso com o que tema que se seguiria e, claro, rindo muito.

Ricardo Araújo Pereira é um pensador dos tempos modernos, apesar de admitidamente ter alguns traços de “velho do Restelo”. Mas é isso que o faz (que nos faz) interessantes.

Estar vivo aleija
de Ricardo Araújo Pereira
Edição: Tinta da China
(Comprar em wook.pt)

Categorias: Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *