Arturo é uma criança que nasce e cresce em Palermo, na Sicilia dos anos 70, época de grande actividade da máfia. Na escola conhece Flora, por quem se apaixona e que, ao longo dos anos não irá esquecer.

É um rapaz curioso com o amor, e com a actividade da Cosa Nostra, fazendo muitas perguntas ao pai. A data altura vê o primeiro ministro Giulio Andreotti na televisão, e este passa a ser o seu modelo a seguir.

A sua vocação pende para o jornalismo, facto que se confirma ao vencer um concurso na escola para a escrita de um artigo. A partir daí, enceta a sua “carreira, chegando mesmo a entrevistar uma figura proeminente da política.

Arturo vai-se cruzando com várias figuras do poder italiano, que em boa parte acabarão mortas às mãos da máfia siciliana. Tudo isto o rapaz vai questionando e registando, à medida que cresce.

Em jovem adulto consegue um trabalho como jornalista/pianista, e reencontra Flora, que tinha saído do país ainda na sua infância.

O filme é escrito, realizado e protagonizado por Pierfrancesco Dilberto (conhecido do público italiano como “Pif”).

Trata-se de uma comédia ternurenta, que no entanto não deixa de falar do drama que foi a actividade mafiosa entre os anos 70 e 90 do século XX.

A Máfia só Mata no Verão, de Pierfrancesco Diliberto (2013)
Ver em Filmin

Categorias: Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *